Conhecendo | Fernanda Gomes

Olá, o post de hoje é me conhecendo melhor, algo escrito de maneira simples mas muito importante para mim, pois faz parte dos exercícios que estou fazendo para me conhecer melhor.

Estava me perguntando esses dias o que eu responderia se alguém me perguntasse:

Que cheiro de flores você mais gosta?

Fiquei muito feliz com esse insight e respondi essa pergunta com algumas respostas colocadas ali, bem rapinho no papel. Depois olhei para aquelas duas linhas e pensei:

Porque não escrevo um pouco mais sobre os aromas que eu gosto?

Aí, surgiu esse post “me conhecendo melhor”, escrito meio sem querer e muito simples por sinal, mais de extrema importância para meus estudos de autoconhecimento.

Sempre fui apaixonada por cheiros deste pequena mas nunca parei para pensar nisso. Quando penso em algo eu geralmente relaciono com um aroma. Tenho muitas histórias, emoções e sensações ligadas a diferentes aromas em minha vida.

Você poderá gostar também de:

Muito Obrigada!
Minhas metas para 2018
O que levar na mala para

Hoje quero compartilhar com você um pouco de mim e das minhas lembranças através desses aromas. Gosto muito de um bom aroma, mas sobretudo de:

Cheiro de livro novo.
Cheirinho de chiclete de morango bem docinho.
Cheiro de caderno fechado e de começo.
Cheiro de chuva o do friozinho debaixo das cobertas.
Cheiro do sorvete de flocos bem geladinho nas tardes de verão.
Cheiro de quando saímos do banho com aquela sensação de pele limpa e macia.
Cheirinho de bebê limpinho com talco hmmm!
Cheiro de flores recebidas…hummm! Que cheiro bom de natureza.
Cheiro de comida pronta quando to com fome.
Cheiro de pão quentinho saindo do forno com aquele cafezinho especial.
Cheiro agradável e úmido que vem do mar com o barulho das ondas batendo na areia.
Cheiro de roupa limpa e passada.
Cheiro das frutas tropicais que me lembra o meu amado Brasil.
Cheiro de feijão cozido na panela de pressão…ah, que lembrança boa!
Cheiro de churrasco de domingo com a família.
Cheiro de café brasileiro coado na hora!
Cheiro de lençol limpo depois de um dia de trabalho.
Cheiro de pipoca com manteiga.
Cheiro de vinho tinto em companhia da pessoa que amo.

Me conhecendo melhor, posso dizer que gosto:

Especialmente, do cheiro de quem eu amo.
Mas também gosto do cheiro do ar puro, do mato, das árvores no fim de tarde no sítio da minha infância.
Eu sei que o cheiro não tem forma física nem aparência, mas sei também que ele pode atingir o profundo das nossas memórias.
Um cheiro também pode ser misterioso, doce, suave, forte e fresco e as vezes têm até sabor, mas ele também é cupido e pode fazer você se apaixonar.
Enfim, um cheiro bom pode evocar lembranças, que evoca emoções, que evoca bem-estar emocional atingindo a alma!

Mas não confie muito nele! Porque ele pode transformar o doce em salgado, criando nome e sobrenome dolorosos.

E aí, quais são os cheiros que estimulam a sua memória?

Se quiser saber mais sobre mim, acesse a minha página “sobre” aqui.

Assine a minha newsletter, me siga no Facebook, Instagram e deixe o seu comentário sobre o post de hoje “me conhecendo melhor” !

Obrigada por ler meu post!
Xoxo

Facebook Comments

Deixe aqui seu comentário