Cabelos danificados?

A solução é máscara de cabelo de uso triplo Garnier Fructis Hair Food.

Garnier lança sua proposta nutritiva e a chama com um nome sugestivo: “HAIR FOOD” que significa; comida para cabelo!

Depois de mostrar a máscara de mamão que escolhi para experimentar e relatar as minhas primeiras impressões no meu canal do YouTube. Finalmente hoje estou pronta para entrar em mais detalhes e contar como foi a minha experiência com essas máscaras de cabelo da Garnier.

Se você nem sempre me lê, talvez ainda não saiba que os posts dedicado aos cuidados com os cabelos é absolutamente uma coisa nova aqui no meu blog. Então qualquer dica e novidade que vejo na área de cuidados com os cabelos entra imediatamente na minha esfera de atenção!
Dito isso, vamos lá para a nossa resenha de hoje!

Veja outros posts aqui!

O que o brand diz sobre as máscaras Hair Food?

O brand explica que as máscaras Hair Food são tratamentos de beleza de uso triplo para cabelos e oferecidos em quatro fórmulas diferentes, conforme a necessidade.

Mamão para reparar cabelos secos e danificados, Banana para nutrir, Macadâmia para suavizar cabelos difíceis de alisar e Bagas de Goji para preservar a cor dos cabelos tingidos.

Maneiras diferentes para o uso

  • máscara de tratamento, quando o cabelo precisar de um cuidado extra;
  • creme de pentear “leave in”, para desembaraçar e remover o frizz do cabelo;
  • condicionador, para desembaraçar os cabelos rapidamente.

A máscara contém 98% de ingredientes de origem vegetal, é livre de parabenos e tem uma fragrância deliciosa (que faz você querer comer o produto à colher), que persiste no cabelo de uma maneira não irritante. A fórmula é ultraleve e pode ser usada em cabelos oleosos, pois não pesa nos fios e deixam eles bem soltos.
Seu cabelo será nutrido, macio, mais forte, brilhante, sem sobrecarregá-los.

Minha opinião

Como você lê na descrição, este creme pode ser usada como condicionador, como creme sem enxágue e como uma máscara.

Estou usando principalmente como máscara depois do shampoo. Apenas algumas vezes eu o usei como creme de pentear, e posso dizer que ele não deixou nenhum resíduo no travesseiro ou no cabelo. Na manhã seguinte o cabelo era muito macio e perfumado.

A textura da máscara é muito cremosa e tem um delicioso perfume de fruta.
Eu aplico em toda a extremidade do cabelo, concentrando mais produto nas partes desidratadas, quebradiças e queimadas. Depois coloco uma touquinha é deixo agir por 1 hora. Em seguida retiro o produto com água é faço a minha finalização normalmente.

Depois de seco ele é muito mais macio e com cheirinho de fruta, e a fragrância permanece por pelo menos 2/3 dias. Com o tempo, notei que as pontas são mais saudáveis, o cabelo muito meno seco, com uma excelente tonalidade de cor e permanece macio até a próxima lavagem.

Pontos positivos

  • hidrata cabelos oleosos sem pesar;
  • proporciona volume e macies;
  • realça o brilho dos cabelos tingidos.

Ponto negativos

  • não faz milagre em cabelos super ressecados;
  • não é uma daquelas máscaras que desembaraça imediatamente o cabelo;
  • perde definição no day after;
  • não muito boa para um tratamento rápido no chuveiro.

O preço da máscara de mamão e banana Fructis Hair Food é de cerca de 50 e 60 kroner em média aqui na Noruega, e o frasco contém 390 ml de produto.

Minha experiência com a máscara capilar Garnier Fructis Hair Food Papaya e banana é mais do que positiva!

Ainda não experimentei as outras variantes e não vou esconder que estou particularmente curiosa para testar a de Macadâmia e Bagas de Goji.

Bonus: nao lave a toalha que voce secou o cabelo, mas coloque para secar em um cantinho dentro casa perto do ventilador, deumidificador ou ar condicionado. O perfume do creme vai perfumar o ambiente inteiro com cheiro de fruta!

Você conhece essas novas máscaras capilares? Você já experimentou? Quais são as suas impressões sobre elas?
Se você quiser, podemos conversar sobre isso juntos nos comentários!

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *